O “cinefilmes tv”, espaço onde mostramos um pouco dos bastidores de nossas produções exibe hoje um pouco do que é o trabalho de figuração.

Figurante é o nome que damos aos personagens que compõe o ambiente onde a cena está sendo filmada, sem influenciar diretamente a ação ou atuação existente no roteiro. Mas nem por isto é um trabalho fácil ou de pouca importância. Em muitos casos são os figurantes que alteram a nossa percepção sobre o local mostrado no vídeo. Pense por exemplo naquela cena de restaurante… vazio! Nos levará a pensar que o local não está aberto ou não é bem frequentado, certo?

Se você gostaria de conhecer ou experimentar o trabalho de figuração o melhor caminho é se inscrever em alguma agência de modelos e atores. Engana-se quem pensa que para isto é necessário ter o típico perfil padrão de “manequim” . Em várias ocasiões precisamos de outros estereótipos: o baixinho, o gordinho, o vovô, a vovó… que aliás são os tipos mais difíceis de encontrarmos nas nossas seleções.

Feita a sua inscrição inicia-se o trabalho de paciência: tanto em testes, que são feitos com vários modelos e às vezes precisam ser repetidos (chamamos este processo de seleção de “casting”), como no dia da gravação em si – que é demorada, pois precisa de contar com vários fatores para dar certo (como fatores climáticos por exemplo) e é feita exaustivamente só terminando quando se atinge o resultado esperado.

Acompanhe abaixo cenas de bastidores de dois trabalhos gravados pela Cinefilmes.

No primeiro vídeo, que faz parte de comerciais estrelados pela atleta do salto em distância Maurren Maggi gravados recentemente pela Cinefilmes, usamos mais de 100 figurantes. Nesta cena eles agem como usuários do Parque Municipal onde foi feita a cena.

Imagem de Amostra do You Tube

 

Já no exemplo abaixo a equipe da Cinefilmes gravava em um Parque de Diversões. A cena faz parte de um recente comercial da operadora CTBC e usou figurantes que interpretavam personagens passeando no parque. Reparem que neste caso eles vão e voltam para a mesma cena, já que o trecho que seria usado duraria apenas poucos segundos – não correndo o risco de que os personagens ao fundo se repetissem.